ORLANDO ROCHA
Orlando Oliveira Rocha Filho
pintor
Colombo, PR - 25/08/1953
   
 
 
 
 
 
 
 

Cursos:
Artes visuais: Escola Panamericana de Arte.
Desenho: Associação Paulista de Bellas Artes
Pintura: Estúdio livre, Professor Helio de Jesus.
Pintura: Estúdio livre, Professor Odilon Ratzk.
Especialização em literatura – UTPR.
Curso para a igualdade na escola - debatendo diferença de gênero – UTFPR.
Especialização em lingüística – Universidade Tuiuti/PR.

Acervos:
Cultura-Prefeitura de Colombo-PR/Galeria Munhoz da Rocha-Amapa-Macapa/Cultura-Prefeitura de São Jose dos Pinhais-PR/Clube Primeiro de Maio-Santo André-SP.

Exposições em 2008
Espaço Cultural da Câmara de Vereadores de São Jose dos Pinhais – PR – coletiva.
Galeria de exposições da Escola de teatro de São Jose dos Pinhais – PR – individual.
Museu de Arte de Cascavel Cascavel-PR – individual.
Biblioteca Publica de São Jose dos Pinhais – São Jose dos Pinhais – PR – individual.
Galeria do Sesc Centro - Curitiba-PR-individual.

Exposições em 2007:
Galeria de Ourem – Portugal – coletiva.
Salão de Artes Unimed de Ponta Grossa - Ponta Grossa – PR – coletiva.
Cultura Arte – São Jose dos Pinhais – PR – coletiva.
Colégio Militar de Curitiba – Curitiba – PR – coletiva.
Salão de arte natalina do HC – Curitiba - PR – coletiva.

Exposições em 2006.
Museu da Água – Piracicaba-SP. – individual.
Galeria Francis Bacon – Curitiba – PR – coletiva.
Centro Cultural Arronches – Arronches – Portugal – coletiva.
Clube Primeiro de Maio – Santo André – SP – individual.
Sala Polivalente da Bibliuoteca Publica de Mação – Mação – Portugal. – individual.
Galeria Condevasf– Brasília – DF – individual.
Câmara de Vereadores de Santo André – SP – individual.
Galeria de artes de São Jose dos Pinhais – PR – coletiva.
Espaço Cultural da Infraero – Aeroporto Internacional de Curitiba – São Jose dos Pinhais – PR – coletiva.
Galeria de artes de São Jose dos Pinhais - PR – figura humana – coletiva.
Casa da Cultura de Alvaiazare –Portugal – coletiva.
Galeria de Ourem – Portugal – coletiva.
IV Salão de arte Mística da AMORC – Curitiba – PR – coletiva – menção honrosa.
Mostra Paranaense de Artes Visuais/Região Leste – São Jose dos Pinhais – PR – coletiva.

Exposições em 2005:
lll Salão de Arte Mística da AMORC – Curitiba – PR – coletiva – menção honrosa.
Galeria do Sesc Centro – Curitiba – PR – individual.
Galeria do Sesc Amapá – Macapá – individual.
Galeria Abyara – Curitiba – PR – individual.
Sala de exposições do Shoping Novo Batel – Curitiba – PR – individual.
Sala de esposições do Carrefour de Pinhais – Pinhais – PR – individual.
Oficina de Serigrafia e o processo criativo na serigrafia Sesc Curitiba – PR.
Vl Mostra Câmara Municipal de Curitiba – PR – coletiva.
Mostra Paranaense de Artes da Região Leste – Paranaguá –PR – coletiva.
Centro Cultural das Faculdades Facinter – Curitiba – PR – individual.

Exposições em 2004:
Exposições de Gravuras do Solar do Rosário – Curitiba – PR – coletiva.
Território Arte – Araraquara – SP – coletiva.
Galeria Flor e Arte Begônia – Curitiba – PR – individual.
Casa da Cultura – Colombo – PR – individual.
Galeria do Sesc – Curitiba – PR – individual.
Galeria Francis Bacon – AMORC – Curitiba – PR – coletiva.
Museu de Arte de Cascavel – PR – individual.
Visão Contemporânea da APAP – Curitiba – PR – coletânea.
Ll Mostra de Arte da Câmara Municipal de Ponta Grossa – PR – coletiva.
Espaço de Exposições do Tribunal Eleitoral de Curitiba – PR – individual.
Mostra da Câmara Municipal de Curitiba – PR – coletiva.

Exposições em 2003:
Casa da Cultura de Colombo – PR – individual.

Obras literárias publicadas:
– câmara brasileira de jovens escritores.
A espada fantasma – conto

Site colaborativo Overmundo:
Discurso dieletico entre um humano e um mosquito – texto não ficção.
Um salto parado no ar - poema.
Pequena historia de olimpíada – texto não ficção.
Poema curto – poema.
Banquete para um eqüino – conto.
Aniversario da vaca – poema.
O movimento migratório atual – ensaio.
A crise na educação, ou, a construção da educação a partir da cultura – ensaio.
Re-sign-ação. – poema.
Vida de gado – poema.
Liberdade de expressão ou o livre pensar- ensaio.
Espada fantasma – conto.
Um outro olhar sobre “Antífona” de Cruz e Sousa


O movimento migratório atual – ensaio.
Discurso dialético entre um humano e um mosquito - conto.
Banquete para um eqüino – conto.
Espada fantasma – conto.

O Literático.
Ensaio sobre Antífona de Cruz e Sousa.
Um outro olhar sobre “Antífona” de Cruz e Sousa

ORLANDO ROCHA APRESENTA
SUA VISÃO SOBRE A VIOLÊNCIA

O artista plástico de Curitiba mostra desenhos inéditos
Uma leitura muito peculiar sobre o mundo atual está traduzida pela nova fase do artista plástico Orlando Rocha. Em seu conceito, a violência é mostrada com a delicadeza de quem percebe o mundo com outros olhos. Na exposição “Fratelli”, estão reunidos desenhos preparados em nanquim sobre papel canson, cartão de várias cores e cartão Paraná (um semi-industrial de alta gramatura). O trabalho meticuloso, criado a partir de minúsculos pontos de bico de pena, traz para a arte sua linguagem pacificadora. A mostra fica em cartaz do dia 3 (quarta-feira) a 30 (terça-feira) de setembro de 2008.
A atual fase de Rocha é uma releitura temática dos primeiros desenhos de sua carreira. Ela expõe o apurado domínio da técnica e a afinidade do artista com a tinta milenar inventada pelos chineses. As figuras passeiam por um imaginário rico, remontam conhecimentos de diversas gerações e levam a culturas distantes no espaço.

Rocha revela sua preocupação com a humanidade de uma maneira leve. Sua simbologia antiviolência evita o sangue e traz formas inusitadas. “A mensagem que tento passar é de paz, mesmo quando é preciso falar da dureza da realidade”, diz Rocha. Com a frase: "Do sendero da Lua, à bilis de Saturno", ele sintetiza o lado romântico e sentimental do ser humano, em oposição ao que é de mais amargo. O artista plástico paulista, radicado em Colombo, caminha para contribuir com a solidariedade na vida do planeta.


 
 
 
® Hall Brasil - Todos os direitos reservados - criado e desenvolvido - smudss art web